Sobre Jeri… importante saber!

DSC03650Por ser uma vila isolada de cidades maiores, Jeri possui uma estrutura bem restrita. Além disso, o sol forte dessa região perto da linha do Equador pede atenção especial. Então seguem algumas dicas importantes:

1) Leve dinheiro, pois a maioria das pousadas, lojas e restaurantes não aceitam pagamento em cartão de crédito.

2) Há apenas uma agência do Banco do Brasil dentro da agência dos Correios (Banco Postal), e uma agência do Bradesco. Mas lembre-se que eles estão abertos apenas durante a semana, no horário comercial. Porém não conte muito com estas opções, pois muitas vezes, por dificuldade do acesso, o malote dos bancos não chega, e quando chega as filas são enormes!

3) Há apenas sinal de celulares da TIM, VIVO e OI. O sinal é fraco, e em muitas situações eu fiquei na mão. Masssss, a maioria das pousadas e dos restaurantes possui wi-fi, leeeennnta, mas possui.

4) Capriche na quantidade de protetor solar, no rosto, no corpo, e em todos os cantos porque o sol não perdoa. Leve chapéu, boné ou mesmo uma canga para se proteger dos raios, principalmente nas viagens de buggy, quando se fica muito tempo desprotegido.

5) Em função do sol e do calor, beba muita, mas muita água, mesmo que não tenha sede. Cuide também da alimentação, pois com o calor é recomendável alimentos leves, como saladas, muitas frutas (e aqui a oferta é grande de frutas maravilhosas!).

6) Respeita os limites do corpo, descanse quando necessário, pare, contemple o cenãrio. Principalmente nas caminhadas como o retorno da Pedra Furada, para não transformar seu passeio numa verdadeira furada!

7) Há 3 tipos diferentes de transportes em Jeri: buggy, D20 e Hilux. Os buggys são utilizados para os passeios próximos da praia; a D20 é utilizada como pau de arara, e faz o transporte em sua grande maioria, da população local, para as comunidades próximas como Preá, Jijoca, Lagoa Paraíso, entre outros. Já as Hilux são utilizadas para o deslocamento desde Jeri até Fortaleza, por serem fortes contra as dunas, mas confortáveis na estrada.

8) Faça uma boa pesquisa sobre o local de hospedagem. Sugiro as avaliações do Tripadvisor, por serem bem atualizadas, como os relatos de blogs recomendados, como aqueles indicados no site Viaje na Viagem (http://www.viajenaviagem.com/blogs-recomendados). Há muitas opções, desde albergue, pousadas econômicas (como a nossa, que custou R$ 80,00 para duas pessoas com café da manhã), e hospedagem bem mais sofisticadas, de frente para o mar, e uma estrutura mais completa, com diárias por volta de R$ 500,00 para duas pessoas.

9) Ahh, e um detalhe: Jeri é uma praia super agitada a noite, muitas festas rolam depois do sol se por. Por isso considere muito isso quando procurar sua hospedagem. Se você curtir o forró e as festas, pode ficar hospedado em qualquer lugar, de preferência perto da muvuca, agora se você está procurando sossego, busque pelas pousadas mais afastadas da Rua Principal e das festas. Este é o tipo de recomendação bastante comum nas avaliações disponíveis no Tripadvisor.

No mais, curta Jeri de coração aberto, deixe a inspiração entrar, e relaxe!!

DSC03583

Um comentário: